Engana-se quem acha que o Carnaval começou no Brasil. Essa festa tem origem há muito tempo, na Antiguidade grega, ela era a festa em que os deuses permitiam a mudança da ordem social e “os pecados eram permitidos”. O uso das máscaras era justamente para que os desejos pudessem ser realizados, sem que ninguém fosse reconhecido. 

No Brasil, entretanto, ela começou logo no período colonial, trazido pelos portugueses, como o famoso entrudo. O entrudo acontecia nos três dias que antecedem a quaresma (período do Carnaval) e era uma festividade popular que era costume brincar de lançar farinha, água, limão de cheiro, areia, entre outras coisas nas outras pessoas. 

O entrudo foi banido posteriormente, em meados do século  XX.

Apesar da repressão, o povo brasileiro não desistiu dos eventos de carnaval. Para se adaptarem à repressão policial, foram criados cordões e ranchos. Os primeiros tinham muita influência africana, das matrizes religiosas e manifestações populares, como capoeira, zé-pereiras, etc. Já os ranchos eram cortejos, muito populares no campo. 

Por volta do século XX que a festa se popularizou, contribuindo para que o samba nascesse e, consequentemente, os desfiles de escola de samba. Estes, por sua vez, cresceram e popularizaram-se, a ponto que o governo passou a apoiar oficialmente os eventos. 

Foi assim que o Carnaval começou a tomar a forma mais semelhante à festa que nós conhecemos hoje.

E aí, como vai curtir o carnaval nesse ano tão diferente dos outros?

Não se esqueça, a prioridade hoje é cuidar da saúde, curtindo da forma que a gente pode.

Te desejamos um excelente carnaval!

blog

Voto feminino: a importância de se votar em mulheres

25/02/2021

Voto feminino: a importância de se votar em mulheres

redes@descompli.ca |

+55 (61) 99870-1525 / 3686-1476

Fale Conosco